segunda-feira, 9 de julho de 2012

O Garoto da Livraria.




Era um dia como qualquer outro para Camile,um dia de sol,sem o estado de calor,com as nuvens brincando uma com as outras,formando desenhos.
Admirada pela beleza do dia,Camile  resolveu parar por alguns instantes,e admirar a beleza,contudo ela sentia o frio que fazia.
Equipada com seu  casaco marrom,suas botas de combate,calça jeans,uma blusa branca,rumo a sua livraria favorita.
Enquanto caminhava,pensou  - "um belo para se tomar um café,pegar um bom livro,mas seria ideal se houvesse uma boa companhia,junto a uma boa conversa,mas,sou auto-suficiente para me divertir sozinha."
E Caminhando contra o vento ela foi,com seus fones,ouvindo uma bela música instrumental em seu player,diz a si  : " O vento é uma entidade incrível,ele pode lhe cortar,pode lhe confortar,te faz sentir viva,deve ser por isso que gosto tanto desse frio.".
Entrando na livraria,se depara com um clima aconchegante,algumas pessoas dispersas,mas sem grandes tumultos.O Café ali instalado ao canto, com um estilo requintado,alguns casais sentados em algumas mesas,uma senhoras pegando seus cafés e saindo,com a sacola de livros
E contente com a tranquilidade do lugar pensa -  "Vai ser um dia tranquilo e gostoso sem muita movimentação e poderei escolher,meus livros no conforto e tranquilidade" - e sorri para si mesma.
Andando calmamente  pelas prateleiras,mais uma vez se encanta,com o local - " essa livraria com uma variedade enorme de livros,organizada por gêneros,espaçosa,com um café abrigando uma variedade de menu e com poltronas,mesa confortáveis é Fantástica.E o melhor fica aberta até o período da noite,é como um sonho ,mas real"- continuando em sua caminhada procurando pelo livros que desejava,avista, um garoto com um livros em suas mãos,folheando atentamente como se não houvesse NADA ao seu redor.
"Já o vi de inúmeras vezes por aqui mesma forma"- pensa.
O estranho sentimento de desvendar o mistério,era algo inevitável para Camile.
Se encheu de coragem e seguiu até ao seu lado,e ali permaneceu por um tempo.
O verdadeiro intuito dela era ao menos que ele desgrudasse ado livro seus olhos,pelo menos por um minuto,em um tentativa completamente frustrada.
Camile Arrisca:
- Oi
- Oi -  olhando para o livro.
- Sou Camile.
Muito Prazer,vamos tomar um café?
Em um instante ,ele tira seus olhos do livro,com um brilho fora do comum em seus olhos,e diz:
-Muito prazer,você adivinhou um dos meus pontos fracos.
Ambos sorriem em direção um ao outro,seguindo até a cafeteria
Fazem seus pedidos e se sentam, um sofá no canto,de uma cor avermelhada,com uma mesa  de madeira trabalhada ao centro,nas quinas entalhada pode ser encontrado desenhos em tribais.
Camile retoma a conversa:
- Uma pequena curiosidade,te vejo sempre por aqui,e sempre em seu próprio mundo,o por quê desse lugar e como você se mantém no seu mundo,mesmo com tanto movimento,de pessoas,e chega a ser invejoso de ver você e seu mundo particular.Como consegue ?
Com um sorriso diz:
- É fácil. Primeiro,esse lugar é todo meu mundo,posso enfrentar dragões,salvar amores perdidos,me apaixonar,buscar soluções a problemas alheios, posso visitar o espaço,e instantes voltar a Terra tempo,posso viajar pelo tempo viver os mais belos dos contos de fadas,e me até emocionar com as mais tristes das histórias,quem não quer,viver esse mundo,não sabe o que é viver.
Admirada por um este garoto com uma aparência nada mais,de 10 anos de idade se portar e responder como um homem formado.
- De fato você está certo,mas tem algum ponto em especial que o atrai até esse lugar?
- Imaginação! Isso me atrai até a esse lugar,a imaginação é a maior fonte de conhecimento que se pode ter, li certa vez quem tem a informação,tem o poder,quem tem o poder, poderá conquistar tudo,estou certo ? Uso tudo isso de ferramentas,para quem sabe me tornar o mais poderoso de todos os reis.
Tomando um longo gole de seu café,com um leve toque de chantili por cima,Camile pensa consigo - "como pode um garoto nessa idade saber tanto,mais do que muitos homens formados.Estou encantada pelo seu jeito".
- Você não tem família, te deixam vir sozinho até aqui ?
O garoto de repente entra uma ataque de gargalhadas e emenda:
-Sou bem grandinho para me cuidar,eu diria o mesmo a ti. Mas pelo que vejo, és uma garota forte e determinada, isso deve assustar a muitos. Mas quem realmente lhe entende pode encontrar um diamante bruto.
No mesmo instante seu rosto fica rubro.
Com o intuito de lhe pregar uma peça no garoto,continua:
- Você sabe tanto sobre tudo e de todos,agora você conseguiria explicar o que é o Amor,hein ?
A face do garoto muda drasticamente sua feições se tornando sérias e com um leve toque de tristeza,começa a falar,com uma voz um pouco enfraquecida:
- Essa é fácil pra quem o conhece.
Mas para quem não o conhece,não o entende, poderá ler,reler,ver,ouvir,talvez até tentar se enganar de sentir e apenas não entenderá.
O Amor é apenas o sentimento mais puro do ser humano,talvez o sentimento mais esquecido pela humanidade,é alegria e tristeza,é cuidar,do que lhe faz bem.
É Sentir e ser sentido,é companheirismo, lealdade,é o TUDO no vazio,é a luz da escuridão,e quem o sentiu ao menos uma vez sabe o que é o amor. Concorda?
Então calada apenas assente e vira o rosto,pois entendia o  que dizia.
Depois de uns instante refletindo,pensa - " realmente ele é um verdadeiro diamante."
- Tudo o que você é verdade, e você já o sentiu ?
- Já o senti e o Vivi sim,mas prefiro, viver meus em romances,do que persistir o mesmo, nessa sociedade em que vivemos, egoísta e mesquinha.Esses ao menos eu escolho qual vai ser o final que quero viver.
- De verdade eu acho que você é um garoto muito inteligente,e especial,no qual tudo terá sua hora e lugar. Terás paciência e tudo o Mais você conquistará.
- Para Animar me ajude a escolher os livros ?
E a expressão de ambos eram iguais,uma felicidade sem limites.
Ambos passaram o dia vendo,folhando os livros,rindo de piadas que criavam,conversando.
Quando se deram conta o dia já havia sido tomado,como areia ao vento,ambos escolheram seus livros passaram em seus respectivos caixas e ao sair,Camile se deparou com uma surpresa.
Ele não era um garoto qualquer e sim um homem de seus 26 anos.
Alto de cabelo negro,pele bem branca como a neve,olhos castanhos,de estatura mediana,e seus 65 quilos.
Camile sorriu e entendeu.
Ele com uma expressão de surpresa, apenas a fitou.
Ambos gargalharam juntos.
- Foi um prazer lhe conhecer,sempre vou me recordar de ti.Terminando lhe digo até mais.
- O Prazer foi meu e assim como você disse,até logo.
Camile se despede e segue o rumo para sua casa,que ao ver não era o mesmo que ele iria tomar.
Quando ouve a chamando,se vira pra lhe ouvir.
-A propósito meu nome é Yuri.
Com um sorriso sincero e simples se vira e continua a caminhada.
Yuri parado continua a fitar por uns instantes,e apenas vê a garota de 20 e tantos anos,que via apenas fora da livraria se ir.
Dentro do lugar mágico seu olhar era para  a garota de 10anos mais linda que já havia visto.
Yuri se vira continua sua caminhada com um sorriso estampado sme seu rosto.
No caminho de volta a casa Camile Diz:
- Esse dia valeu a pena um dia para ficar na memória,e vou sempre lembrar como o dia Di Garoto da Livraria.

5 comentários:

  1. Bonito texto, no começo me lembrou um pouco um livro do Gaarder "A Garota Das Laranjas"... Adorei os dialogos, maravilhosos, vc consgeuiu me envolver, vi toda a cena, os dois ali como crianças, e quando a verdade é revelada, aquela surpresa e não pude deixar de pensar "Sim,tudo fez um sentido absurdo" haha, adorei essa farse também "Quando se deram conta o dia já havia ido embora,como areia ao vento" bela expressão!!!

    Mas tenho que dizer, alguma spalavras ficaram muito repetitivas, até algumas idéias, você poderia rever o texto e deixa-lo um pouco mais enxuto!!

    ResponderExcluir
  2. Vou fazer isso Lih!
    E obrigado,postei e nem reli mesmo kkkkkk!
    Mass chegando em casa revejo!

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito Dih! Parabéns :)

    Escreva mais

    ResponderExcluir

Translate

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto

Geek,Dancer,Caricato,Extrovertido,Gamer.
Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar este blog